Meu mundo...
" Aceitar as coisas que eu não posso mudar, coragem para mudar as coisas que eu possa, e sabedoria para saber a diferença "
Meu mundo...
+
"Dizem que quando se gosta de algo ou alguém, a gente cuida, protege, quer estar perto, fazer parte da vida."
Nicholas Sparks.   (via viversentiramar)
+
"Os contos de fada sempre fizeram parte da nossa vida. Antes de dormir, na televisão ou até mesmo na escola. Fomos criadas acreditando que mais cedo ou mais tarde, um príncipe aparecerá no horizonte montado em um cavalo branco e será a solução de todos os nossos maiores problemas e medos. Essa imagem de par perfeito e alma gêmea, acaba fazendo com que criemos expectativas demais. Na vida real, o príncipe não chega em um cavalo branco e você quase nunca é a única princesa disponível no reino. Para o “Era uma vez” ter graça e fazer sentido, também precisamos tomar atitudes e sermos espertas. Em pleno século XXI, não dá pra ficar fazendo trança, olhando na janela e esperando um grito de “eu te amo”. Antes de qualquer outra coisa, devemos ser princesas independentes. Estudar, trabalhar e não esquecermos nunca do tal amor próprio. Sentimento esse, que vale mais do qualquer pedido atendido da fada madrinha. Com a independência, podemos ficar um pouco mais da meia-noite e ainda não nos preocuparmos com sapatos perdidos."
Tati Bernardi. (via refugionatempestade)
+
"Em um relacionamento, não devemos esperar que tudo seja perfeito como nos filmes e histórias. Na verdade, eles só parecem ser tão incríveis assim, porque duram no máximo algumas horas ou páginas. Namoros de verdade não são nada perfeitos. Afinal, os dois envolvidos, têm seus próprios defeitos, e uma hora ou outra, eles vão aparecer e incomodar bastante. Por isso aquela ideia de “Ele já não gosta mais de mim” ou “Ele não é tão perfeito como antes”. É complicado de entender, mas é justamente essa a graça e o motivo de vivermos a vida ao lado de alguém. Amadurecer tem tudo a ver com aprender a lidar com os defeitos dos outros, e mais do que qualquer outra coisa, respeitar. Agora, escuta só: O amor de verdade sobrevive a um ciúme bobo e alguns amigos sem noção."
Tati Bernardi. (via refugionatempestade)
+
"Eu queria tanto que você entendesse que eu não quero mais ninguém além de você."
Débora Yamamoto. (via errografa)
+
"

Apesar de tudo, eu nunca desisti, talvez tenha me ferido um pouco, acontece, a gente se decepciona, mas, veja bem, se parar pra perceber, mesmo ferido, eu estava lá, eu tinha que estar lá, não sei o porquê, talvez, por causa de tudo.

"
Orquestrando. (via errografa)
+
+
+
+
"Eu sei que, em muitas vezes, eu sou um braço cansado, que pesa, que incomoda. Eu sei que, muitas vezes, eu sou o ouvido inflamado, que dói, que não sara. Eu sei que, muitas vezes, sou o sorriso que não alegra, que não marca, que não colabora. Eu sei que, muitas vezes, sou uma presença ausente, um olhar distante, uma companhia incompleta. Eu sei que, muitas vezes, sou um abraço que falta, que não acalma, que não revigora. Mas pode ter certeza de uma coisa: Eu amo muito você, e nada no mundo vai me fazer ir embora."
Martha Medeiros. (via refugionatempestade)
+
"Ah moço, quando a gente ama, a gente espera sim. A gente espera até num banco de concreto, duro e gelado de uma praça numa noite fria, mas a gente espera. É amor moço, quando é amor, vale a pena."
Débora Yamamoto (via errografa)